segunda-feira, 15 de setembro de 2014

CONHEÇA AS PROPOSTAS DOS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA PARA A ÁREA DA SAÚDE.


Todos os 11 candidatos à Presidência da República apresentam propostas para a área da saúde. As principais promessas recaem sobre o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), criado há 25 anos, e estratégias como a do Saúde da Família e sobre políticas de prevenção de doenças.

Conheça as propostas dos candidatos à Presidência para saúde:

Aécio Neves (PSDB) promete um cadastro nacional único e investimento público para viabilizar o Cartão-Cidadão Saúde que irá garantir a gestão dos serviços de saúde com centrais de agendamentos e contínua assistência técnica, teleconsultas, telemonitoramentos, avaliação e solução para problemas de diagnóstico e tratamento a distância. Segundo ele, o novo modelo de gestão será baseado na criação de redes assistenciais integradas de saúde. O candidato tucano quer instituir a carreira nacional de médico e garantir a oferta de cursos preparatórios a médicos estrangeiros para permitir a realização do exame Revalida. Ele promete aprimorar o programa Mais Médicos e criar programas de valorização e qualificação dos profissionais de saúde. Aécio ainda defende a integração do sistema de saúde suplementar com o SUS e a retomada da política de produção de medicamentos genéricos e apoio aos laboratórios oficiais na produção desses medicamentos.

Dilma Rousseff (PT) promete mudar o patamar de qualidade e ampliar o atendimento dos serviços em saúde com a expansão do Programa Mais Médicos, a ampliação da rede de unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para atendimento de emergências de baixa e média gravidade, a extensão das redes de atendimento especializado, com a qualificação dos serviços hospitalares, o fortalecimento e a universalização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a ampliação do acesso da população a medicamentos. Segundo ela, a melhoria no atendimento e o aumento da rede de saúde vai depender de uma “rediscussão federativa” para evitar superposição de investimentos e planejar com mais eficiência a distribuição dos serviços de saúde públicos. Dilma se comprometeu com o fortalecimento e aprimoramento do SUS e com a extensão dos serviços previstos no sistema. A candidata à reeleição ainda apontou resultados de ações adotadas em seu governo e destacou o Mais Médicos, o Programa Aqui Tem Farmácia Popular e o Programa Brasil Sorridente.

Eduardo Jorge (PV) prometeu criar uma carreira nacional para profissionais de saúde envolvendo, na primeira etapa, as pessoas que atuam no programa Saúde da Família, como agentes comunitários, enfermeiras e médicos. Segundo ele, seria uma carreira nacional, mas não federal, o que permitiria que os profissionais de estados e municípios pudessem aderir. Eduardo Jorge destaca que o orçamento do setor dará ênfase aos aspectos de educação para promoção e prevenção na saúde e defendeu que políticas públicas de outras áreas também contemplem a saúde como prioridade, como a redução da poluição do ar proveniente de veículos que usam diesel e gasolina. O ambientalista afirmou que suas prioridades estarão voltadas para problemas como hipertensão, diabetes, obesidade, vida saudável para os idosos, poluição do ar, violência e dependência de drogas legais ou ilegais e garante o planejamento familiar como um direito básico que precisa ser ofertado “extensa e generosamente a todas as pessoas”.

Eymael (PSDC) se compromete a garantir acesso universal e real à saúde. No programa de governo apresentado à Justiça Eleitoral, Eymael afirma que vai assegurar o acesso a partir do desenvolvimento e da aplicação efetiva do Sistema Único de Saúde e de um programa de saúde pública com foco na prevenção. “A saúde chegando antes que a doença impedindo que ela se instale, promovendo assim ganho de qualidade de vida e economia de recursos públicos”, destaca.

Levy Fidelix (PRTB) define a saúde como prioridade absoluta de seu plano de governo e garante que os maiores investimentos serão concentrados na duplicação de postos de atendimento ambulatorial de emergência e prontos socorros em todos os municípios brasileiros com aquisição de milhares de ambulâncias e novos equipamentos médicos. Fidelix ainda promete implantar serviço odontológico obrigatório “tendo como base os recursos orçamentários de 1% do pré-sal que iremos instituir”.

Luciana Genro (PSOL) criticou o “subfinanciamento e sucateamento da área” e prometeu ampliar “radicalmente” os investimentos públicos em saúde. Ela destaca que vai promover a retomada global das funções originais do SUS, garantindo atendimento integral a todos de forma gratuita e com qualidade.

Marina Silva (PSB) se compromete com o fortalecimento do SUS e diz que apoia a bandeira do Saúde+10. Segundo ela, seu governo vai implementar em quatro anos, a proposta do projeto de lei de iniciativa popular de vincular 10% da receita corrente bruta da União ao financiamento das ações de saúde e rejeitar qualquer Desvinculação de Receitas da União para assegurar a manutenção das fontes orçamentárias da Seguridade Social. A ex-senadora ainda promete construir 100 hospitais para o atendimento regional, criar procedimentos para a contratação de leitos com os prestadores de serviços e construir 50 maternidades. Além disso, a candidata promete dotar cada uma das 435 regiões de saúde de uma policlínica regional para atendimento de média complexidade, universalizar o Programa de Saúde da Família e estabelecer um programa de alimentação saudável inserindo profissionais de nutrição nas equipes de apoio do Saúde da Família e nas unidades Básicas de Saúde. Marina também defende a valorização dos profissionais de saúde e dos laboratórios oficiais de produção de medicamentos e outros insumos estratégicos.
Mauro Iasi (PCB) resume suas propostas para a área afirmando que promoverá saúde pública e SUS 100% público, estatal e gratuito. Ele também defende a proposta de “um país sem manicômios”.

Pastor Everaldo (PSC) promete extinguir tributos que recaem sobre a área e criar mecanismos de eficiência, como plano de metas, para melhoria do setor de saúde e para premiar financeiramente hospitais e médicos por bons resultados. O candidato ainda defende a desburocratização e abertura de mercado para operadoras de planos de saúde e incentivos para aumentar o número de vagas nas universidades de medicina. Everaldo também promete estimular a descentralização na gestão de hospitais, valorizar profissionais de saúde, revisar a tabela do SUS e combater o tráfico de entorpecentes.

Rui Costa Pimenta (PCO) defende, em seu programa, a descriminalização do aborto e o atendimento dos casos pela rede pública de saúde e destaca medidas para garantir a saúde para a população negra com atendimento aos portadores de doenças etno-raciais pelo SUS. Segundo ele, há índices oficiais que indicam que as três principais causas de óbito da população negra são o alcoolismo, a pressão alta e a anemia falciforme e que as mortes ocorrem por falta de um diagnóstico correto. O candidato é contrário à privatização da saúde. Pimenta promete que vai garantir a realização de exames laboratoriais nos recém-nascidos para diagnóstico de anemias falciformes e leucopenia, atendimento público e de boa qualidade em todas as áreas da saúde, um plano nacional de emergência para combater as endemias e epidemias e um planejamento para garantir saneamento básico e moradia a toda a população.

Zé Maria (PSTU) quer assegurar que 10% do Produto Interno Bruto (PIB) seja investido na área. “A saúde pública definha no país. Existe hoje um duplo processo de precarização e privatização dos serviços, expressão da falta de investimentos públicos no setor”, destacou em seu projeto de governo. Segundo ele, o país gasta apenas o equivalente a 3,5% do PIB com saúde enquanto o mínimo necessário para um serviço público universalizado seria o dobro desse percentual. Zé Maria afirma ser possível atingir 10% do PIB se o país usar recursos do pagamento da dívida pública.

Fonte:  Agência Brasil

RADIOPATRULHA APREENDE A 172ª ARMA DE FOGO DO ANO NO BAIRRO GETÚLIO VARGAS.


O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) efetivou neste domingo, dia 14, por volta das 23h00, na Avenida Gentil Tavares, Bairro Getúlio Vargas, a apreensão de um adolescente, 14 anos por ato infracional de porte ilegal de arma de fogo.

A ação foi realizada pela Equipe Leão Operações, comandada pela Tenente PM Gilvânia de Oliveira, quando realizava o policiamento ostensivo preventivo radiomotorizado, foi informada por populares sobre a ocorrência de assalto a ônibus coletivo que  fazia a linha Marcos Freire I, por quatro infratores, sendo um deles armado.

Os policiais efetivaram diligências, localizando o adolescente, que ao perceber a presença da polícia, dispensou um objeto no chão. Após a abordagem e vistoria, foi encontrado um revólver calibre 22 mm. A ocorrência foi conduzida à Delegacia Plantonista (DEPLAN).

Esta é a 172ª arma de fogo apreendida pelo BPRp no ano de 2014.

PROMOTOR DE JUSTIÇA DE RIBEIRÓPOLIS OFICIA A AMESE PARA QUE INFORME O NÚMERO MÍNIMO DE POLICIAIS MILITARES NECESSÁRIOS PARA OS MUNICÍPIOS QUE ABRANGEM A COMARCA.

No último dia 04, o Promotor de Justiça da Comarca de Ribeirópolis, Dr. Bruno Melo Moura, oficiou a AMESE (Associação dos Militares do Estado de Sergipe), solicitando que informasse qual o número de policiais militares necessário para atender a demanda dos municípios de Ribeirópolis, Moita Bonita, Nossa Senhora Aparecida e São Miguel do Aleixo, que abrangem a Comarca de Ribeirópolis, face ao grande aumento de homicídios e outros crimes que estão correndo nos últimos meses.

Já na manhã desta segunda-feira, dia 15, a AMESE, através do Dr. Márlio Damasceno, assessor jurídico da entidade, respondeu ao ofício do Nobre Representante do Ministério Público, informando que a ONU (Organizações das Nações Unidas) recomenda que haja 01 policial para cada 205 habitantes.

No ofício a associação esclarece que inicialmente teve o cuidado de pesquisar junto ao site do IBGE, a população de cada Município citado pelo Promotor de Justiça e usando como base a estatística da ONU, chegou ao seguinte quantitativo de policiais militares necessários para os Municípios que foram citados pelo Dr. Bruno:

*  Ribeirópolis - seriam necessários 69 policiais.

*  Moita Bonita - seriam necessários 44 policiais.

*  Nossa Senhora Aparecida - seriam necessário 35 policiais.

*  São Miguel do Aleixo - seriam necessário 15 policiais.

A AMESE se colocou à disposição do Representante do Parquet para participar de uma audiência pública para discutir o assunto, fazendo questão de agradecer o Promotor de Justiça da Comarca de Ribeirópolis pela preocupação com a segurança pública, cujo tema não só afeta à população, bem como, à classe militar, pois pela falta de efetivo, são sobrecarregados com diversas escalas extras.

Confiram abaixo o ofício enviado pelo Promotor de Ribeirópolis, o ofício resposta da AMESE e documentos estatísticos:








BATALHÃO DE RADIOPATRULHA APREENDE 500 GRAMAS DE MACONHA PRENSADA EM SÃO CRISTÓVÃO.


O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) realizou neste domingo, dia 14, por volta das 16h30, na Rodovia João Bebe Água, Conjunto Rosa Elze em São Cristóvão, a prisão de Gilson Silva, (28) e a apreensão de um adolescente (17).

A ação foi realizada pela Equipe Leão 60, comandada pelo Sargento PM Rinaldo Márcio, quando realizava o policiamento ostensivo preventivo radiomotorizado e recebeu informações sobre o tráfico de drogas no fundo de um posto de gasolina. Imediatamente, os policiais efetivaram diligências e ao aproximar do local, os infratores empreenderam fuga no veículo GM, Corsa, placa HZG - 4585 sendo acompanhados e interceptados.

Após abordagem e vistoria no veículo, foi encontrado 500 Gramas de substância entorpecente tipo maconha (prensada), a qual estava escondida, entre a senhora e uma criança que estava dentro do veículo.

A ocorrência foi conduzida à Delegacia Plantonista (DEPLAN).

SERVIDORES E JUIZES FARÃO ATO EM DEFESA DO JUDICIÁRIO.

Em Sergipe, servidores e juízes organizarão ato em defesa da autonomia do Poder Judiciário

Nesta terça (16), a partir das 9 horas, servidores e juízes organizarão ato, em frente à Justiça Federal, para cobrar autonomia do Poder Judiciário .

No final de agosto, a categoria dos servidores do Poder Judiciário Federal intensificou a mobilização da campanha salarial de 2014, em prol da recomposição salarial que seria materializada com a aprovação no orçamento geral da União, de rubrica específica nos gastos do Poder Judiciário, de forma a superar os nove anos de perdas salariais.

Mais uma vez, a representante do Executivo Federal – Presidente Dilma Roussef -  promoveu um corte nos orçamentos do Judiciário Federal e do Ministério Público da União (MPU), ferindo a autonomia do Poder Judiciário e prejudicando qualquer tipo de aumento salarial para os servidores no exercício de 2015.

Essa ação da Presidente Dilma Roussef provocou a construção de duas frentes de luta que se convergem. A primeira trata-se de uma ação no Supremo Tribunal Federal contra os cortes realizados no orçamento do Judiciário, pedindo que seja suspensa a tramitação do projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2015 no Congresso Nacional até que o Executivo encaminhe projeto que contemple as propostas enviadas pelos presidentes dos Tribunais Superiores e pelo Procurador-Geral da República.

A segunda está, exatamente, na capacidade de mobilização da categoria e na realização de atos públicos no sentido de cobrar dos gestores do Judiciário uma posição firme em defesa da autonomia deste Poder, ao mesmo tempo em que denuncia publicamente a posição intransigente do Governo Federal de não reconhecer a política de desvalorização salarial que os servidores do Judiciário Federal vem passando e a necessidade de uma valorização profissional.

Em Sergipe os servidores do Poder Judiciário Federal e os Juízes  da  Justiça Federal – que já se encontram paralisados – organizaram um ato na frente da Justiça Federal a partir das 9h da manhã, com o objetivo de intensificar a luta pela garantia da recomposição salarial na LOA DE 2015 e a defesa da autonomia para o Poder Judiciário.

Para José Pacheco, diretor do SINDJUF/SE, esse atual cenário exige uma maior mobilização da categoria.

“A postura do governo federal em cortar os gastos do Judiciário traz à tona um debate importante; a defesa pela autonomia do Poder Judiciário. Esta postura arrogante do Executivo, levou inclusive os juízes federais no Estado a paralisarem o trabalho por uma semana. Precisamos juntos, servidores e magistrados, cobrar dos gestores da cúpula do Judiciário que defendam essa independência e defendam até o fim a recomposição dos salários”, afirma Pacheco.

Fonte:  Agência Voz

4ª CIA/8º BPCom APREENDE SOM POR PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO NA BARRA DOS COQUEIROS.


A 4ª Companhia do 8º Batalhão de Polícia Comunitária (4ª Cia/8º BPCom) apreendeu a aparelhagem sonora de um bar, após denúncia de perturbação do sossego, por volta da 0h do domingo, 14, no município de Barra dos Coqueiros.

A viatura Lince 01 foi acionada pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para averiguar uma ocorrência de perturbação do sossego no Bar do Telão, situado na praça dos Esportes, no município de Barra dos Coqueiros. Ao chegar ao local, os militares constataram uma aparelhagem de som de grande porte, em altura abusiva.

O proprietário, juntamente com o aparelho de som, foi conduzido à 11ª Delegacia, para as providencias cabíveis. É importante frisar que, em outra ocasião, esse mesmo estabelecimento tivera um aparelho sonoro apreendido por perturbação do sossego alheio, sendo o dono, portanto, reincidente na prática abusiva.

DANIELA PEDE CRIAÇÃO DE UM CENTRO DE TRATAMENTO PARA DEPENDENTES QUÍMICOS.

Um assunto recorrente na pauta da vereadora Daniela Fortes (PR) é a Criação de um Centro de Tratamento para Dependentes Químicos em Aracaju.  Nesta quinta feira, 11/9, a parlamentar usou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) para cobrar mais uma vez as autoridades governamentais a cumprirem não só seu papel social mas com o responsável pela saúde pública e compromisso assumido à população.

Daniela Fortes mencionou que a justiça condenou o município de Aracaju a promover medidas necessárias para implementar, e manter a construção de um Centro de Tratamento para acompanhamento e recuperação de dependentes químicos. “Os deputados recebem R$ 1,5 milhão em verba de subvenção e não fazem faz nada” afirmou. 

A vereadora relembrou casos de mães que acorrentam seus filhos em casa para que eles não sejam mortos nas ruas por causa do vício. “Só sabe o drama de uma família com usuário de drogas quem realmente tem alguém nessa situação” afirmou. Em Aracaju, a demanda dessa necessidade já deve ser considerada urgente, pois os casos crescem a cada dia sem que a problemática seja considerada emergencial.

Daniela pergunta sempre, porque assuntos tão sérios não são resolvidos se há verbas para cada situação e analisou dizendo que não sabe porque ainda não foi aberto um Centro para atender esse público que não pode pagar pelo tratamento, pois algumas mães ganham apenas  um salário mínimo, e as clínicas particulares cobram mensalmente R$400,00 de cada interno, tornando as vezes impossível e cruel a escolha entre colocar alimento em casa ou internar seu filho como a única chance dele se libertar das drogas.

A parlamentar afirmou que vai continuar lutando e pedindo providências, já que os deputados que estão no poder atualmente não fazem absolutamente nada pelas famílias que sobrem esse tipo de problema que é a droga, que mata e destrói famílias em Sergipe.

MILITARES DO BPRp APREENDEM REVÓLVER EM "FESTA DE PAREDÃO" NA ZONA DE EXPANSÃO.


Policiais militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) realizaram neste sábado (14), por volta das 00h30, na Avenida Dr. Valter Pereira Bastos, Zona de Expansão da capital, a apreensão de arma de fogo.

A ação foi efetivada pela Equipe Leão Operações, comandada pelo Tenente PM Clailton Soares, quando realizava o policiamento ostensivo preventivo radiomotorizado e foi acionado pelo CIOSP, para atender ocorrência de perturbação do sossego alheio e a possibilidade de indivíduo portando arma de fogo.

Imediatamente, os policiais efetivaram diligências e após os procedimentos de abordagem, encontraram um revólver calibre 38 mm com cinco munições intactas que foi abandonado na caçamba de um veículo marca GM, modelo Montana, placa OEK-3624.

O caso foi encaminhado à Delegacia Plantonista (DEPLAN).

LIMINAR PROÍBE REALIZAÇÃO DA 2ª FESTA DO VAQUEIRO DE LARANJEIRAS.

O juiz da 13ª Zona Eleitoral, Dr. José Amintas Noronha de Menezes Júnior, deferiu liminar e embargou a realização da 2ª Festa do Vaqueiro marcada para o dia 21 de setembro de 2014 no Município de Laranjeiras, sob pena de multa de R$ 100 mil reais.

O Juiz atendeu aos pedidos constantes da Representação Eleitoral ajuizada pelo Promotor de Justiça de Laranjeiras, Dr. Walter César Nunes Silva. Na Representação o MP comprovou que a mencionada festa teria caráter nitidamente eleitoreiro com o intuito de divulgar, veladamente, a campanha de candidatos apoiados pelo atual Prefeito do Município em questão.

Consta da Representação Ministerial que, para realização da 2ª festa do Vaqueiro, teriam sido contratados shows artísticos e distribuídas cerca de mil camisas com as cores semelhantes aos partidos políticos dos candidatos apoiados pelo Prefeito. Além disso, o MP mencionou que o déficit de efetivo policial em Laranjeiras poderia causar problemas no acesso às ruas e à segurança durante o evento.

De acordo com o Magistrado, o fato de a festa estar marcada para quinze dias antes do pleito eleitoral, traria aos autos mais um indício de que tal festa teria cunho eleitoral. “Desta forma, há o risco de se permitir que uma prática ilegal de propaganda, viole o princípio do equilíbrio e igualdade de condições que todos os candidatos devem ter”, pontuou Dr. José Amintas na decisão.

O Juiz entendeu que a proibição da realização da festa na data anunciada, não provocaria prejuízos maiores para o Município de Laranjeiras, já que o referido evento poderá ser remarcado para data posterior ao pleito eleitoral.

Fonte:  MP/SE

RADIOPATRULHA APREENDE REVÓLVER COM JOVENS NO BAIRRO PALESTINA.


Policiais militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) efetuaram neste sábado (14), por volta das 00h50, na Rua Josefina Fagundes, Bairro Palestina, zona norte da capital, as prisões de Weverton Santos, (21) e Michael dos Santos (18).

A ação foi realizada pela Equipe Leão Operações, comandada pelo Tenente PM Alexandre Freitas, quando realizava o policiamento ostensivo preventivo radiomotorizado e visualizou dois jovens transitando em uma motoneta Shineray, cor preta, em atitude suspeita.

Os policiais realizaram os procedimentos de abordagem, sendo encontrada com Weverton, um revólver calibre 38 mm com duas munições intactas.

O caso foi encaminhado à Delegacia Plantonista (DEPLAN).

ORÇAMENTO 2015: PREFEITURA DE ARACAJU QUER OUVIR POPULAÇÃO.

A Prefeitura de Aracaju por meio da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLOG) quer conhecer os anseios da população e para facilitar esse diálogo disponibilizou deste o último dia 1º de setembro uma importante ferramenta. Por meio de um link que pode ser acessado pelo site da Prefeitura, o cidadão pode se cadastrar e apresentar suas sugestões. Os dados coletados ajudarão a Prefeitura a preparar o Orçamento 2015.

A consulta aos cidadãos atende ao anúncio feito pelo secretário municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão de Aracaju, Igor Leonardo Moraes Albuquerque quando da sua participação em audiência pública na Câmara de Vereadores no dia 16 de junho último, sobre o Projeto de Lei Ordinária 79/2014, que dispõe sobre a elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Na ocasião, o secretário anunciou que a Prefeitura disponibilizaria ainda este ano, consulta pública para que a população ajude na elaboração da proposta orçamentária para o exercício 2015.

Na consulta o cidadão poderá colaborar opinando e apresentando sugestões para as melhorias da nossa cidade. Para participar basta acessar a site da PMA (aracaju.se.gov.br), clicar no link Orçamento 2015 e uma vez na página da Seplog clicar no link consulta pública ? cadastro e sugestões. Uma vez cadastrado o cidadão encontra os tópicos prioridade e área, podendo optar por apresentar sugestões nas áreas da Saúde, Educação, Transporte e Trânsito, Infraestrutura, Cultura, Meio Ambiente, Turismo ou escolher a opção outros. Todo o conteúdo será criteriosamente analisado.
O Coordenador Geral da Central de Orçamento da Seplog, Abel de Oliveira Ribeiro diz que o objetivo é que os dados reflitam na lei orçamentária anual. É a partir dos dados coletados que a Prefeitura vai identificar quais as áreas que necessitam de maior volume de recursos e o orçamento será elaborado de forma que atenda as necessidades da população.  Para efetuar o cadastro é preciso ter em mãos CPF e endereço de e-mail.

O secretário municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão de Aracaju, Igor Leonardo Moraes Albuquerque ressalta que a consulta a população para construção do Orçamento 2015 segue orientação do prefeito João Alves Filho de garantir não apenas o cumprimento da legislação, como assegurar a total transparência de todos os atos da Prefeitura, bem como aproximar cada vez mais o cidadão da administração municipal.

sábado, 13 de setembro de 2014

COLÉGIO PIO DÉCIMO REALIZA A IV FEIRA LITERÁRIA.

Na manhã desta sexta-feira, dia 12, o Colégio Pio Décimo realizou a IV Feira Literária com a participação dos alunos.

Durante a feira foram realizadas palestras, exposição de desenhos feitos pelos alunos, declamação de poesias, apresentações musicais e de dança.

O evento contou com a participação ativa dos alunos, coordenados pelos professores do colégio, bem como, com a participação dos pais de alunos que fizeram questão de também prestigiar o evento.

A feira literária teve também seu lado social, onde os alunos arrecadaram 2.500 quites escolares para serem distribuídos em diversas instituições filantrópicas da Grande Aracaju.

Confiram abaixo fotos e vídeos do evento:
















quinta-feira, 11 de setembro de 2014

DATAFOLHA: DILMA TEM 36% DAS INTENÇÕES DE VOTO; MARINA, 33% E AÉRCIO, 15%.


Pesquisa Datafolha divulgada hoje (10) mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) com 36% das intenções de voto, a candidata Marina Silva (PSB) com 33%. Aécio Neves (PSDB) aparece com 15% das intenções. A pesquisa foi encomendada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela Globo Comunicações.

A vantagem, no primeiro turno, de Dilma sobre Marina aumentou em relação à pesquisa anterior, quando foi registrada 35% das intenções de voto em Dilma contra 34% em Marina. O quadro continua sendo empate técnico, considerando a margem de erro da pesquisa de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Os candidatos Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSOL) e Eduardo Jorge (PV) aparecem cada um com 1% das intenções. Os demais candidatos: Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) têm juntos 1%. Votos nulos ou brancos somam 6% e são também 7% os indecisos.

De acordo com a pesquisa, na simulação de um segundo turno entre Dilma e Marina, a candidata do PSB alcançaria 47%, contra 43% da candidata petista. Já em um confronto entre Dilma e Aécio, o tucano perderia por 49% a 38%. Em um eventual segundo turno entre Marina e Aécio, a candidata venceria por 54% a 30%.

Dilma tem 33% de rejeição; Aécio, 23%; Pastor Everaldo, 22%; Marina Silva, 18%; Zé Maria, 18%; Levy Fidelix, 17%; Eymael, 16%; Rui Costa Pimenta, 15%; Luciana Genro, 15%; Eduardo Jorge, 14%; e Mauro Iasi, 13%.

A avaliação do governo Dilma foi considerada ótima ou boa por 36% dos entrevistados. Os que responderam regular somam 38%. Já os que consideram o governo ruim ou péssimo foram 24%.

Foram feitas 10.568 entrevistas, ontem (9) e hoje. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00584/2014.

Fonte:  Agência Brasil

AMESE SOLICITA APURAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO ACERCA DE PM QUE ESTÁ SENDO OBRIGADOS A DIRIGIR SEM HABILITAÇÃO E COM INSUFICIÊNCIA TÉCNICA PARA DIRIGIR VEÍCULO DE EMERGÊNCIA.

No último dia 05, a AMESE, através da sua assessoria jurídica, adentrou com petição junto ao Ministério Público Estadual, mais precisamente perante a Curadoria do Controle Externo da Atividade Policial, solicitando que apure o fato do Cb. Nailson de Jesus, que vem sendo obrigado a dirigir viatura policial, sem estar com sua CNH,

O citado Cabo, no dia 31/08/2014, perdeu sua carteira porta cédula contendo documentos pessoais e cartões de crédito, tendo prestado a devida queixa.

Mesmo com a CNH perdida e não possuindo condições de tirar uma nova habilitação, o citado Cabo vem sendo escalado, obrigatoriamente, para a função de motorista, sem estar portando tal documento que é de porte obrigatório, ferindo o que reza o artigo 159, parágrafo 1º, combinado com o artigo 232 do CTB, bem como, com o artigo 1º, inciso I, da resolução nº 205 do DENATRAN, de 20/08/2006.

Como se não bastasse tal fato, no dia 15 de abril do corrente ano, no BGO nº 066, o Cb. Nailson foi desligado do Curso de Condutor de Veículo de Emergência e Capacitação de Fiscalização de Trânsito - 7ª Turma 2014, por insuficiência técnica.

Face a estes fatos o citado policial militar adentrou com requerimento junto ao seu comandante imediato solicitando que não fosse escalado para a função de motorista em virtude de não estar portando sua CNH e principalmente, por não estar capacitado para dirigir veículo de emergência, tanto é que foi desligado do curso.  Ressalte-se ainda, que quando ingressou nas fileiras da PMSE, no ano de 1991, não era obrigatório ao aprovado no certame, possuir carteira de habilitação.

A AMESE espera que providências sejam tomadas pelo Ministério Público, pois a lei tem que ser efetivamente cumprida, bem como, os demais policiais militares que integram a guarnição da qual o Cb. Nailson é motorista, não tenham suas vidas colocadas em risco, face a insuficiência técnica para dirigir veículo de emergência (viatura policial).

Confiram abaixo a petição encaminhada pela assessoria jurídica da AMESE ao MP:


MINISTRO DO STF LIBERA DOCUMENTO DA LAVA JATO PARA CPMI.

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu hoje (10) autorizar a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras a acessar parte da investigação sobre a Operação Lava Jato, da Polícia Federal, que tramita na Corte. 

A decisão foi motivada pelo pedido do presidente da comissão, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), para ter acesso aos termos do depoimento em que o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa cita nomes de políticos que teriam recebido propina no suposto esquema.

Segundo Zavascki, os integrantes da CPMI devem zelar pelo sigilo dos dados que estão sob proteção.

O ministro não disse se o depoimento de Costa está no material que será enviado à comissão. “Verificada a competência constitucionalmente atribuída às referidas comissões para realizar atividade apuratória, nada impede o compartilhamento das provas obtidas em investigação judicial, quando presente correlação entre os objetos das aludidas apurações, ressalvadas, todavia, as restrições de publicidade inerentes a autos que tramitem em segredo de justiça”, ressaltou o ministro.

Fonte:  Agência Brasil

POLÍCIA MILITAR PRENDE HOMEM POR ROUBO EM TRANSPORTE INTERESTADUAL.

A Polícia Militar de Sergipe prendeu, em flagrante, Jadson Santana dos Santos, acusado pelo crime de roubo no povoado Jenipapo, em Lagarto, na tarde dessa terça-feira, 9. A informação é que a vítima estava em um veículo Topic, quando um passageiro, que estava sentado na parte traseira do carro, sacou um revólver e anunciou o assalto, levando a quantia de R$ 530,00 e três cartões de crédito de um dos passageiros.

O suspeito também subtraiu telefones celulares e fugiu do local a pé, por uma estrada de terra na zona rural do município. Policiais militares foram acionados e conseguiram capturar o suspeito após diligências. Jadson Santana dos Santos foi conduzido à Delegacia Regional de Lagarto, onde foi autuado em flagrante pelo crime de roubo qualificado.

VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS: SEED APRESENTA CONJUNTO DE AÇÕES DESARTICULADO COM OUTRAS SECRETARIAS.

A quarta reunião da comissão que vem debatendo sobre a prevenção e contenção da violência nas escolas aconteceu nesta quarta-feira, 10. Na pauta a Secretaria de Estado da Educação deveria ter apresentado as ações desenvolvidas pelos programas instituídos dentro do órgão, além da integração de representantes da Polícia Militar que falaram sobre o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência - PROERD implantado pela Polícia Militar de Sergipe em algumas escolas em Aracaju.

Mas, a SEED, através do diretor do Departamento de Educação – DED apresentou um conjunto de ações que, da forma em que foi mostrado, não segue a premissa do que se tem discutido nas reuniões que é a articulação entre os entes estatais que estão envolvidos direta ou indiretamente na prevenção e contenção a violência. Essas ações têm que atender as demandas que estão fora da escola, pois a violência não é produzida dentro da escola, mas ela é externa e se expressa dentro das unidades de ensino.

Para o sindicato é claro que uma política pública não deve ser construída e implantada somente pela SEED, mas é ela, como órgão responsável pela gestão da Educação da rede estadual, que tem o dever constitucional de apresentar propostas concretas e articulá-las com as demais secretarias e entidades que fazem parte da comissão e, por sua vez, serem debatidas pelas comunidades escolares.

“O que foi apresentado pela SEED foi um quadro de ações, mas nesse quadro não constam datas de realização e como elas podem ser articuladas com as demais secretarias. Dessa forma continuará se tendo um projeto de governo ou gestão e não uma política pública efetiva que dê conta que, além de iniciar uma discussão pedagógica com a comunidade escolar, também envolver os demais atores sociais no processo de prevenção e contenção da violência”, avalia Leila Moraes, diretora do Departamento de Educação do SINTESE.

Portanto ações que visam apenas o adestramento de crianças e adolescentes não irão solucionar as questões apresentadas hoje com relação a violência. A direção do SINTESE volta a frisar que as ações têm que fazer parte de uma política pública que envolva não só as questões relacionadas a inclusão social, mas, principalmente no tocante ao trabalho pedagógico, pois como tem repetido várias vezes em suas falas públicas, a violência que tem sido vista dentro dos ambientas escolares também é um reflexo do vazio pedagógico que há décadas a educação pública da rede estadual.

Na próxima reunião, dia 17, às 8h na SEED será apresentado o andamento do Projeto Acorde, que é uma iniciativa da Superintendência da Polícia Civil lançada em setembro de 2013 e tem como objetivo trabalhar nas áreas de prevenção a criminalidade e vigilância, fazendo a mediação de conflitos no atendimento de ocorrências de menor potencial ofensivo. A apresentação tem o intuito de articular o projeto com as ações discutidas nas reuniões.

Fonte:  Sintese

PREFEITURA DE PORTO DA FOLHA DEVERÁ PAGAR OS SALÁRIOS ATRASADOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS.

O Poder Judiciário Sergipano atendeu o pedido do Ministério Público e determinou ao Município de Porto da Folha que efetue o pagamento dos salários de todos os seus agentes públicos, até o quinto dia do mês subsequente, sob pena de aplicação de multa no valor de dez mil reais à pessoa do Prefeito e o mesmo valor em desfavor da Municipalidade.

Em 2013, o Ministério Público de Sergipe, por intermédio do Promotor de Justiça Dr. Solano Lúcio de Oliveira Silva, ajuizou Ação Civil Pública - ACP com pedido de liminar para que o Município de Porto da Folha efetuasse o pagamento dos salários atrasados dos servidores públicos.

Conforme declarações colhidas na Ação, o presidente do Sindicato dos Servidores de Porto da Folha – SIMPOF afirmou que vários servidores públicos estavam com mais de dois meses de salários atrasados. “Quando a Ação foi ajuizada, eram 400 pessoas sem salários que, por conta disso, se encontravam desprovidas de recursos para satisfação das necessidades básicas do ser humano, como aquisição de alimentos e medicamentos, assistência médica, pagamento das taxas de água e luz, dentre outras”, destacou Dr. Solano.

Fonte:  MP/SE

RADIOPATRULHA APREENDE VEÍCULO COM PLACA ADULTERADA NO AUGUSTO FRANCO.

O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) efetuou por volta das 22h45 desta terça-feira, dia 09, na Avenida Heráclito Rollemberg, Conjunto Augusto Franco, Zona Sul, a apreensão de veículo com placa adulterada.

A ação foi realizada pela Equipe Leão 10, comandada pelo Cabo PM Emerson dos Santos, quando realizava o policiamento ostensivo preventivo radiomotorizado e visualizou o veículo marca Ford, modelo Focus, cor preta que estava com a placa VMP-1994 (Belém-PA).

Os policiais efetivaram a consulta através do CIOSP e constataram que a placa não pertencia ao referido veículo. Após abordagem e vistoria foi verificado que a placa original do veículo era HZZ-4205, como também, que o condutor alegou que tomou o veículo emprestado de um familiar.

A ocorrência foi conduzida à Delegacia Plantonista (DEPLAN).

PREFEITURA DE ARACAJU VOLTA A TRABALHAR NO SANTA MARIA.

Foto:  Pedro Leite

A Prefeitura Municipal de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), volta a levar novas ações para o grande complexo residencial que compreende o bairro Santa Maria, Zona Sul da capital. Desta vez, os benefícios chegaram ao loteamento Luciana, local onde os profissionais da empresa municipal atuam em várias ruas, executando terraplenagem e patrolamento. Com este novo trabalho, a comunidade sente as melhorias transformadas em ruas urbanizadas e mais saneamento básico.

Nestes quase dois anos de gestão, a PMA tem desenvolvido um conjunto de ações diárias, além de também investir em obras estruturantes, que criam as condições necessárias para modernizar a infraestrutura de Aracaju e equacionar antigos problemas. Os serviços disponibilizados pela Emurb mobilizam cotidianamente cerca de 100 profissionais, chegando a atender uma média de 10 bairros por dia e 300 ruas por mês.

"O trabalho que vem sendo realizado todos os dias pela Emurb melhora a vida da população. Para isso, nossas equipes estão presentes em todos os bairro de Aracaju. No caso do Santa Maria entendemos a importância de investir e levar benefícios, pois trata-se de uma região importante, bastante populosa, mas que nunca foi prioridade de outros gestores ", explica a presidente da Emurb, Socorro Cacho.

Solicitação

A Emurb possui canais de comunicação para que a população possa solicitar serviços. Para registrar a solicitação, basta entrar em contato com a Assessoria de Comunicação da empresa, por meio do telefone (79) 3179-1619, pelo endereço eletrônico comunica.emurb@aracaju.se.gov.br, e pelos perfis da Emurb no Twitter (@emurb) e no Facebook.