quinta-feira, 16 de outubro de 2014

LOTES DE MEDICAMENTOS SÃO RETIRADOS DO MERCADO POR DETERMINAÇÃO DA ANVISA.


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou hoje (16) a suspensão da distribuição, comercialização e do uso do lote 301628F01 do medicamento Depakene (valproato de sódio) 500mg, comprimido revestido. A empresa Abbott Laboratórios do Brasil Ltda, fabricante do produto, comunicou o recolhimento voluntário do lote em razão de uma manutenção na guia de alimentação das tampas que ocasionou fechamento inadequado de alguns frascos.

O medicamento é um neuroléptico usado no tratamento de ausência simples acompanhada de descargas epilépticas, sem outros sinais clínicos detectáveis. A ausência complexa é a expressão utilizada quando outros sinais também estão presentes.

Também foi suspenso o lote 04814 do medicamento bromidrato de citalopram 20mg, comprimido revestido. A empresa fabricante Actavis Farmacêutica Ltda comunicou o recolhimento voluntário do lote após receber reclamação de consumidor que encontrou a bula de outro medicamento na embalagem do produto citado. A troca das bulas, segundo a Anvisa, foi confirmada após avaliação das unidades devolvidas.

O produto Kit Exxa Marroquina – Defrisagem gradativa Argan Oil, assim como o lote 080761 do Shampoo Purificante e o lote 80790 do produto Gloss Redutor de Volume, foram suspensos em todo o país em razão de resultados insatisfatórios nos ensaios de aspecto e pH - que determina a acidez e alcalinidade do xampu. Os produtos são fabricados pela empresa Devintex Cosméticos Ltda e podem ser vendidos isoladamente ou em associações.

Já o produto Sylocimol, fabricado pela empresa Timol Indústria e Comércio de Produtos Magnéticos Eireli – EPP, foi suspenso por não possuir registro na Anvisa. Além disso, segundo a agência, o produto estava sendo divulgado em endereços eletrônicos com diversas indicações terapêuticas por uma empresa que não possui Autorização de Funcionamento.

A Anvisa suspendeu todas as publicidades que atribuam propriedades terapêuticas ao alimento Amargo, fabricado pela empresa Natural Ervas Produtos Naturais Ltda-ME. De acordo com a agência, foi constatado que o alimento estava sendo divulgado irregularmente, por meio de folheto e página na internet, alegando indicações terapêuticas que contrariam o registro do produto junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Por fim, a agência interditou cautelarmente, por 90 dias, o lote 5 do saneante Desinfetante de Uso Geral – Lavanda, marca Triex, líquido, frasco plástico transparente 2.000 mililitros, fabricado pela empresa 3X Produtos Químicos Ltda. O lote apresentou resultado insatisfatório no ensaio de teor de tensoativo catiônico -  produto que possibilita a mistura de substâncias de alta polaridade como água e óleos possam se misturar.

Fonte:  Agência Brasil

AMESE OFICIA COMANDANTE GERAL DA PMSE SOLICITANDO QUE SEJAM REAJUSTADOS OS VALORES DOS CRÉDITOS DO GREENCARD DOS PMs.


A AMESE oficiou na manhã desta quinta-feira, dia 16, o Comandante Geral da PMSE, Cel. Maurício Iunes, solicitando que sejam reajustados os valores dos créditos do GREENCARD dos policiais militares, visto que, diversos associados estiveram procurando a entidade informando que os valores creditados no GREENCARD, estão sendo insuficientes para promoverem suas alimentações, já que tais valores estão abaixo dos custos reais do mercado para refeição em estabelecimentos próprios (restaurantes, cantinas, padarias e lanchonetes).

No ofício a associação faz menção de que em 30 de junho de 2014, através do ofício nº 54/2014, já tinha feito requerimento idêntico ao Comando da PMSE, face a defasagem dos créditos do GREENCARD.

Também foi mostrado no ofício o levantamento feito pelo instituto DATAFOLHA, contratado pela Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (ASSERT), que mostra que o valor médio de uma refeição é de R$ 29,95, enquanto o valor efetivamente creditado por refeição para os PMs é de R$ 8,00, o que equivale a R$ 16,00 por serviço para duas refeições.

A AMESE espera que os valores dos créditos do GREENCARD possam serem reajustados aos valores médios encontrados na pesquisa anexada ao ofício, afim de garantir uma alimentação saudável e balanceada aos policiais militares de serviço.

Confiram abaixo o ofício encaminhado pela AMESE ao Comando da PMSE desta quinta-feira, o ofício encaminhado em 30/06/2014 e a pesquisa do instituto DATAFOLHA:





BATALHÃO DE RADIOPATRULHA APOIA PROJETOS SOCIAIS NA CAPITAL.





O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) vem apoiando o desenvolvimento de ações sociais na capital sergipana, visando a integração da sociedade com a corporação.

Projeto "Fumaça Zero" 

O Projeto Social "Fumaça Zero" é uma iniciativa da comunidade do Bairro Aeroporto e adjacências no sentido de promover ações sociais visando orientar as crianças e adolescentes para a prática das boas maneiras, inserindo-os em atividades esportivas, culturais e educativas. Neste projeto estão matriculados aproximadamente 100 crianças carentes que são assistidas semanalmente com diversas atividades, principalmente, àquelas voltadas para as orientações com o objetivo de prevenção às drogas e ao cometimento de atos infracionais.

O Projeto "Fumaça Zero" conta com o apoio da Associação de Moradores do Santa Tereza e Adjacências, Sesi, Senac, Igreja locais (Católica e Evangélicas), empresários locais e da Polícia Militar através do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha.

Visita ao Orfanato no Santos Dumont

Em outra ação, orientada pelo Cap PM Teixeira, policiais do BPRp realizaram a distribuição de presentes e lanches às crianças que são apoiadas por uma creche, coordenada por uma entidade católica no Bairro Santos Dumont. Os radiopatrulheiros fizeram uma campanha no âmbito da unidade, arrecadando presentes, lanches e brindes. Após escolher a creche que atende crianças carentes naquela comunidade, aproveitando a passagem comemorativa ao Dia das Crianças, foram a referida creche e efetivaram o ato, inclusive interagindo com as crianças em atividades lúdicas na tarde da última segunda-feira. 

Para o Capitão PM Teixeira - Ajudante do BPRp - "Foi um momento especial, pois além da importância do dia festivo, o evento proporcionou o estreitamento dos laços de amizade entre a comunidade e a PMSE". 

 De acordo com o Ten Cel PM Carlos Rolemberg - Comandante do BPRp - "Estas ações demonstram o comprometimento dos valorosos radiopatrulheiros com a sociedade, salientando a importância da unidade no contexto social, nas atividades que vão desde o policiamento ostensivo radiomotorizado na minimização do índices de criminalidade, como, em ações sociais que fortalecem a cidadania e por consequência a imagem da corporação perante a sociedade".

RESTAURANTE PADRE PEDRO AMPLIARÁ O NÚMERO DE REFEIÇÕES.

Bom atendimento, cardápio diferenciado, localização e, principalmente, preço; são esses os atrativos que levam milhares de pessoas para o centro de Aracaju em busca de uma alimentação de qualidade e com preço acessível. O restaurante popular Padre Pedro atende, todos os dias, uma média de 1300 pessoas no almoço e 600 no jantar. Em 2015, há previsão orçamentária para a ampliação das refeições. O número de almoços e jantares servidos deverá passar de 1900 para 2.250, um crescimento de 18,4% que corresponde a mais 350 pessoas atendidas com refeições a preços populares todos os dias.

A diarista Maria Valdecina Santos gostou da novidade. Quando vai ao centro sempre almoça no Padre Pedro, para ela a ampliação do número de refeições servidas vai ajudar ainda mais gente e facilitar o acesso. “Eu acho que esse restaurante aqui é muito bom para o povo, porque a comida é boa, barata. Sempre que eu venho trago minha filha porque a comida é boa, tem carne, salada, suco e eu sei que essas coisas são boas para ela ter saúde”.

O preço módico, de R$ 1,00 por refeição, faz a desempregada Marta Santos da Silva trazer a filha pequena, Vanessa, para o almoço e o jantar no restaurante. Sem renda fixa o pouco dinheiro que ganha fazendo bico garante uma alimentação nutritiva no restaurante popular. “Se não fosse o Padre Pedro eu não sei como ia fazer para dar comida a minha filha. Aqui eu sei que ela come bem e ainda é fácil para conseguir, porque a comida é muito barata. Graças a esse restaurante eu fico tranquila, porque sei que não vai faltar comida para mim e nem para ela”, comemora a desempregada.

Único restaurante popular do país que tem recurso totalmente oriundo do Governo do Estado, o Padre Pedro é administrado pela Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) e tem um orçamento de R$1, 8 milhões por ano.

 O almoço é servido das 11h às 13h. Este ano, no mês de maio, o governo do Estado ampliou o atendimento e incluiu também o jantar, que começa às 17h e vai até as 19h. O cardápio tem dez combinações de alimentos e muda quinzenalmente. Todos dos dias são servidos feijão, arroz, macarrão, salada cozida e crua, sobremesa (doce ou fruta) e suco. Já no cardápio do jantar tem vários tipos de sopas, macaxeira com carne ou frango, cuscuz com acompanhamentos, café e torrada. As refeições oferecidas no restaurante contam com a avaliação permanente de nutricionistas, que inspecionam não apenas a qualidade dos alimentos oferecidos, mas também o equilíbrio de todos os nutrientes necessários à boa saúde do público consumidor.

Foi de olho nessa qualidade que o aposentado Jorge de Hollanda veio conhecer o restaurante. Desde que fez a primeira refeição, no começo do ano passado, não parou mais. Comodidade, comida saudável, supervisionada por profissionais da área de nutrição e ainda preço baixo fizeram seu Jorge decidir pelo restaurante popular como o endereço fixo das suas principais refeições diárias. 

“Essa comida é muito boa e eu tenho certeza que se não tivesse o restaurante, muita gente ia passar por dificuldades para ter refeições. Esse trabalho é uma prova de que quando o governo tem projetos sérios é a população que sai ganhando”, disse o aposentado.

Dona Marinalva também vai todos os dias para o centro da cidade na hora das refeições. A aposentada não esconde a gratidão pelo projeto mantido pelo governo do estado. “Eu só digo uma coisa: se não tivesse esse restaurante aqui eu ia passar necessidade. Aqui eu tenho muita comida e não gasto muito foi a melhor coisa que já fizeram pelo povo”. 

Uma das características dos restaurantes populares é a facilidade de acesso aos serviços. E para que ele alcance a população de extrema pobreza e insegurança alimentar deve estar localizado em áreas estratégicas e de grande fluxo de pessoas. O Padre Pedro segue esse critério à risca, está localizado na Avenida Carlos Firpo, bem no centro da capital. Quem trabalha na área central da cidade nem precisa voltar para casa na hora das refeições. A autônoma Sônia de Jesus almoça todos os dias no restaurante e ainda economiza o dinheiro que ganha no trabalho, ela fala de preço e qualidade como os principais motivos para fazer as refeições no Padre Pedro “Se esse restaurante é bom? Ele é maravilhoso! Você não imagina o que é para um trabalhador conseguir comer bem gastando tão pouco. Melhor que isso só se tivesse um desse em cada cidade, eu nunca vi uma pessoa que come aqui reclamar”.

Uma medida do Governo do Estado vai garantir que os pequenos produtores também saiam ganhando com o projeto do restaurante popular. A Seides deve incluir uma cláusula no contrato de fornecimento de alimentos para o Restaurante Padre Pedro, que vai fortalecer a agricultura familiar em Sergipe. A ideia é que 30% da compra dos produtos servidos no almoço e no jantar por parte da empresa que abastece o restaurante sejam oriundos da agricultura familiar. A medida representa mais um avanço para promover o aumento da produção e a elevação da renda da família produtora rural.

RODOVIA SERÁ INTERDITADA PARA A PEREGRINAÇÃO AO SANTUÁRIO DE DIVINA PASTORA‏.



A Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRv) informa que estará a partir das 06h00min deste domingo (19), realizando a interdição da rodovia SE 160, que interliga o município de Riachuelo a Divina Pastora, serão aproximadamente 08 km de interdição para o trafego de veículos. Objetivo será garantir a segurança das pessoas que se deslocarão a pé para o santuário de Divina Pastora.

Durante toda noite e madrugada do sábado, os policiais realizarão patrulhamento na rodovia, a fim de proporcionar maior segurança para o peregrinos, um total de 24 policiais e 06 viaturas serão empregados na operação. 

Serão montados tres pontos de bloqueios ao longo do percurso da peregrinação, o primeiro será no trevo de acesso após a ponte de Riachuelo (rodovia SE 245), o segundo será na entrada da cidade de Santa Rosa de Lima e o terceiro será na rodovia SE 160 no sentido Siriri/Divina Pastora.  

A CPRv informa que a partir das 06h00min do domingo os veículos automotores não poderão transitar pela rodovia de acesso a Divina Pastora, existindo exceções para veículo credenciados (Trânsito Livre), os condutores devem deixar seus veículos em estacionamentos existentes na cidade de Riachuelo e nos acessos por Maruim e Siriri, se deslocando a pé para o santuário.

De acordo com o major Santos Junior, comandante da CPRv, é importante que os peregrinos adotem algumas medidas de segurança durante o seu deslocamento: Usar sempre roupas claras e se possível utilizar lanterna durante a noite para aumentar ao máximo a sua visibilidade na rodovia; Os peregrinos não devem andar sozinho, andar sempre em grupo; Caminhar sempre pelo acostamento da rodovia no sentido contrario ao trânsito de veículos e em fila; Não levar grande quantidade de dinheiro; Não ostentar relogios, joias e celulares; Descansar sempre fora da rodovia e redobrar a atenção e se houver qualquer necessidade de auxilio ligar para os telefones 190 ou 198.

ASSEMBLÉIA APROVA PROJETOS DO EXECUTIVO E DE PARLAMENTARES.

Os deputados estaduais apreciaram e aprovaram, nessa quinta-feira (16), em plenário, alguns projetos que tramitavam na Assembleia Legislativa de Sergipe. Dois deles de autoria do Poder Executivo. Também foram aprovados projetos de autoria dos parlamentares, além de outros dois projetos de Decreto Legislativo que também interessam ao Governo do Estado.

Foi aprovado um projeto que autoriza o Poder Executivo a ceder às instituições financeiras públicas créditos decorrentes de royalties, participações especiais e compensações financeiras relacionados à exploração de petróleo e gás natural, recursos hídricos e minerais para capitalização do Fundo Financeiro de Previdência do Estado de Sergipe (FINANPREV).

Outro projeto autoriza o Executivo a utilizar recursos oriundos da operação de crédito interna, prevista na lei nº 7.615/2013, para a realização de obras de infraestrutura habitacional.

Parlamentares

De autoria do deputado estadual Antônio dos Santos (PSC) foi aprovado um projeto que dispõe sobre a criação das Olimpíadas do Conhecimento no Estado de Sergipe; já do deputado Augusto Bezerra (DEM) passou o projeto que cria o programa de Saúde das escolas da rede estadual de educação para estudantes do ensino fundamental e que prevê a obrigatoriedade de consultas oftalmológicas.

Da deputada Ana Lúcia (PT) passaram dois projetos: um institui a Semana Estadual da Adoção de Crianças e Adolescentes no Estado de Sergipe e o outro prevê que as farmácias e drogarias do Estado fiquem obrigadas a manter recipientes para a coleta de medicamentos, cosméticos, insumos farmacêuticos e correlatos, deteriorados ou com prazo de validade expirado.

Decretos

Foram apreciados ainda dois Projetos de Decreto Legislativo que aprovam as contas anuais do Governo de Sergipe referentes aos exercícios de 2011 e de 2012.

MP REQUER A INTERDIÇÃO DO MATADOURO DE ITABAIANA ATÉ CONCLUSÃO DA REFORMA.

O Ministério Público de Sergipe, por intermédio do Promotor de Justiça Dr. Kelfrenn Teixeira Rodrigues de Menezes, promoveu uma Ação de Cumprimento de Sentença para que o Estado e o Município de Itabaiana interdite total e imediatamente o Matadouro Público do referido Município, proibindo o abate de quaisquer animais e a respectiva comercialização de suas carnes até que seja concluída a reforma e adequação.

Segundo Dr. Kelfrenn, este Cumprimento de Sentença é decorrente de uma Ação Civil Pública ajuizada em 2005, com o objetivo de proteger o direito coletivo de consumidores a terem acesso a uma carne produzida em conformidade com os parâmetros higiênico sanitários e o direto difuso ao meio ambiente equilibrado e saudável, tendo em vista a degradação causada pelos resíduos emitidos em decorrência da atividade de abate de animais.

“Em 2006, uma liminar foi deferida determinando que o Município de Itabaiana e o Estado realizassem a reforma e a adequação do Matadouro, mas não foi cumprida. O Município confessou que depois de passados quase dois anos do término do prazo estipulado na Liminar, o Matadouro continuou representando um atentado à saúde pública e ao meio ambiente”, explicou o Promotor.

Ainda de acordo com Dr. Kelfrenn, em 2010, após vários laudos de inspeção expedidos pelos diversos Órgãos de Vigilância Sanitária, o Poder Judiciário Sergipano proferiu uma Sentença Condenatória para suspender o funcionamento do Matadouro e para condenar o Município de Itabaiana e o Estado a promoverem a reforma. Mas o Município de Itabaiana ajuizou Ação Cautelar no Tribunal de Justiça e suspendeu os efeitos imediatos da Sentença.

No ano passado, o Conselho Regional de Medicina Veterinária de Sergipe expediu Ofício afirmando “que o Matadouro não atende o mínimo de condições higiênicas sanitárias e de infraestrutura, apresentado diversas inconformidades com a legislação vigente”. Requisitado o laudo técnico, o mesmo foi apresentado em agosto deste ano após inspeção realizada em 11/08/2014, o qual concluiu que “é inquestionável a sua total falta de condições para a realização de um abate dentro das normas higiênico sanitárias requeridas por lei”.

Dessa forma, o Ministério Público ratifica os pedidos iniciais e requer a interdição do Matadouro. O MP requer, ainda, que o Município de Itabaiana, por meio da Vigilância Sanitária Municipal, a Secretaria Municipal da Agricultura, da Pecuária e do Abastecimento Alimentar e o Estado de Sergipe, por intermédio da Divisão de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde (DIVISA) e da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (EMDAGRO), além da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural de Sergipe inciem ações fiscalizatórias intensificadas.

“Estes Órgãos deverão fiscalizar os estabelecimentos comerciais e feiras livres de Itabaiana com o objetivo de apreenderem ou inutilizarem todas carnes que não tenham origem conhecida. Além disso, também deverão remover do Matadouro todos os entulhos e resíduos, depositando-os em local adequado”, concluiu o Promotor de Justiça.

Fonte:  MP/SE

TRÊS LATROCIDAS MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA.

Uma operação da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), com apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), Delegacia Regional de Estância e Grupamento Especial de Repressão e Buscas (Gerb), desarticulou uma quadrilha de assaltantes, latrocidas e traficantes que matinha base no conjunto Lagoa Vermelha, em Boquim, mas que agia em vários municípios da região centro-sul de Sergipe. 

De acordo com o coordenador operacional da Copci, delegado Dernival Eloi, responsável pelas investigações, a ação para prender o bando teve início na tarde desta quarta-feira, 15, quando o principal integrante da quadrilha, Carlos Henrique de Jesus, vulgo “Cambaio”, matou a prima de nome Rosileide de Jesus, 37 anos. “Ele considerava a vítima uma delatora do esquema criminoso da quadrilha, fato que não encontra ressonância nos arquivos da polícia; ao contrário, estávamos apurando denúncias do envolvimento dela no esquema criminoso”, explicou. 

O delegado conta que está não é a primeira vez que Cambaio tentou matar a prima. “Na sexta-feira, 3 de outubro, a Dipol interceptou uma informação de que Cambaio e seus comparsas iriam matar Rosileide naquele dia, porém a polícia interviu e evitou o crime”, destacou. Após o assassinato, a polícia montou uma operação para prender os infratores e descobriu que eles estavam em um veículo Santana, de cor branca, na rodovia estadual que liga Boquim a Pedrinhas. 

O veículo foi interceptado e os criminosos reagiram à abordagem policial. Houve revide e Cambaio e mais dois comparsas, identificados como Carlos Augusto, o ´Gugu´ e Genisson Pereira dos Santos foram baleados e mortos na operação policial. Duas menores de idade que estavam no veículo e os três revólveres usados pelos criminosos foram apreendidos. 

Histórico criminal 

O delegado André David disse que a quadrilha praticou vários assaltos nas cidades de Arauá, Umbaúba, Boquim, Indiaroba, Pedrinhas e Estância. “As investigações mostraram que duas adolescentes escolhiam os veículos a serem roubados tiravam as fotos e mandavam por whatsApp para os integrantes da quadrilha”. 

Em um desses assaltos, ocorridos no dia 13 de maio deste ano, eles mataram o comerciante Valdefran Machado Alviedo. A vítima se negou a entregar a motocicleta e foi morta com vários tiros. Já no dia 20 de setembro, Cambaio e seus comparsas mataram na Praça do Jardim, em Boquim, o comerciante José Anselmo de Farias Fontes. A vítima estava com um facão e tentou reagir, mas foi morta com quatro tiros. 

As investigações se concentram agora na apreensão de outros integrantes da quadrilha que davam suporte a Cambaio. A Polícia Civil pede a população que denuncie os criminosos por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte:  SSP

ADRIANO TAXISTA: "FALTA DE FISCALIZAÇÃO DA SMTT É UMA VERGONHA!"

O vereador por Aracaju, Adriano Oliveira (PSDB), o “Adriano Taxista”, ocupou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quinta 16/10, para questionar a falta de critérios da atuação da SMTT (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito) nas ruas e avenidas da capital. O tucano diz que o órgão é gerido por vários técnicos com experiência policial, mas que tem deixado a desejar quanto à fiscalização.

Ao fazer seu breve discurso, Adriano Taxista soltou o verbo com a SMTT: “eu confesso que estou entristecido com a SMTT! Com a forma de trabalho do órgão. Hoje pela manhã, recebi a informação que seis agentes estavam fiscalizando os taxistas, nos pontos, trabalhadores e pais de família. Tudo bem! Nada contra porque quem não deve não teme! Agora por que a SMTT não usa da mesma autoridade para fiscalizar os carros particulares que fazem o serviço de táxi clandestinamente?”, questionou o vereador, da base aliada do prefeito João Alves (DEM).

Em seguida, Adriano Taxista disse que os apelos seguidos que faz à SMTT atende as reivindicações da classe trabalhadora. “Tenho que ser justo e reconhecer que os clandestinos já vêm da gestão anterior, mas foi na gestão atual que criaram as linhas do Santa Lúcia e do Augusto Franco! Hoje são de 600 a 700 particulares fazendo esse serviço pelas ruas e avenidas da Capital. Em contrapartida, são 2.080 táxis em Aracaju, fazendo duas corridas pela manhã e duas à tarde. Isso pode? Como sobreviver assim?”, questionou.

Mais adiante, Adriano voltou a criticar a gestão operacional da SMTT. “Eu nunca vi tanta gente com experiência policial na SMTT como agora e não se resolver nada! É vergonhoso! Essa falta de fiscalização da SMTT é uma vergonha! Somos eleitos para fiscalizar a administração e apresentar projetos e indicações. Infelizmente, por interesses políticos, estão insistindo com esses clandestinos. É uma falta de respeito a SMTT não fazer o papel dela para combater esses clandestinos. Estão vendendo pontos por R$ 6 mil. No Coroa do Meio e no Santa Maria cobram aluguel do ponto por R$ 100 a semana. Isso tudo é vergonhoso para a SMTT e para a administração”, completou.

domingo, 12 de outubro de 2014

EDUCAÇÃO ALIMENTAR É FUNDAMENTAL PARA EVITAR OBESIDADE INFANTIL, DIZ MÉDICO.

Educação alimentar e a conscientização dos pais de que a obesidade é uma doença são os principais fatores no combate à obesidade infantil. Segundo o presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso) e diretor do Departamento de Obesidade da Sociedade Brasileira de Endrocrinologia e Metabologia (Sbem), Mario Carra, sem a conscientização e a participação das famílias, a mudança do cenário é inviável.

“A intervenção dos pais para eliminar os maus hábitos alimentares e para modificar os hábitos sedentários das crianças é comprovadamente eficaz”, destaca. Hoje (11), dia de Combate a Obesidade, a Sbem realizou atividades no Ceará, na Paraíba, em Minas Gerais, Santa Catarina e São Paulo para chamar a atenção para os riscos do sobrepeso e da obesidade, que já atinge metade da população brasileira.

No Brasil, dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram um aumento da obesidade de mais de 300% entre meninos (de 4,1% em 1989, para 16,6% em 2009). Entre as meninas a variação foi ainda maior: de 2,4% em 1989 para 11,8% em 2009. 

Segundo o levantamento, a criança obesa tem de 50% a 80% mais chance de se tornar um adulto jovem obeso comparado ao risco em crianças com peso adequado. De acordo com a Sbem, a doença acarreta maior probabilidade de desenvolver diabetes, doenças cardíacas e câncer.

Fonte:  Agência Brasil

PRIMEIRO RESULTADO PARA CONFIRMAR SUSPEITA DE EBOLA NO PAÍS DÁ NEGATIVO.

O Ministério da Saúde divulgou na manhã deste sábado (11) o resultado do exame para diagnóstico de ebola no paciente da Guiné, suspeito de infecção pelo vírus. O resultado do teste preliminar deu negativo, no entanto, a confirmação só deve ocorrer depois de um segundo exame, cuja amostra será coletada amanhã (12), 48 horas portanto após a coleta da primeira.

Nota do ministério informa também que o estado de saúde de Souleymane Bah, de 47 anos, é bom. Ele não apresenta febre e continua em isolamento total no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro (RJ). Se o caso também for descartado como ebola no segundo exame, o paciente sairá do isolamento e o sistema de vigilância montado para acompanhar as 64 pessoas que tiveram contato com Souleymane Bah será desmontado.

Amanhã será colhida a segunda amostra de sangue, que também será enviada para análise laboratorial no Instituto Evandro Chagas, em Belém, no Pará, que pertence à Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde.

O caso suspeito de ebola foi notificado na quinta-feira (9), em uma Unidade de Pronto-Atendimento em Cascavel, no Paraná, e o paciente foi transferido ontem (10) para tratamento no Rio de Janeiro Souleymane Bah saiu da Guiné, na África Ocidental, no dia 18 de setembro, com conexão no Marrocos, e chegou ao Brasil em 19 de setembro. Por apresentar febre e ter vindo de um dos países com casos da doença, o caso foi classificado como suspeito.

Na nota divulgada hoje, "o Ministério da Saúde esclarece que adotou todos os procedimentos necessários para a interrupção de uma possível cadeia de transmissão do vírus. E adotou todos os procedimentos previstos no Regulamento Sanitário Internacional".

Na quinta-feira, o secretário-geral da Nações Unidas,  Ban Ki-moon, disse que é preciso reforçar, pelo menos 20 vezes mais, a mobilização de recursos para enfrentar a doença que infectou mais de 8 mil pessoas e matou quase 3,9 mil. Ele cobrou investimentos em equipamentos médicos, laboratórios móveis, helicópteros e veículos, além de treinamento do pessoal da área de saúde.

O ebola é transmitido por meio do contato com o sangue, tecidos ou fluidos corporais de indivíduos doentes, ou pelo contato com superfícies e objetos contaminados. O vírus é transmitido quando surgem os sintomas.

Fonte:  Agência Brasil

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

RISCOS DE CASOS DE EBOLA NO BRASIL É BAIXO, MAS NÃO CHEGA A ZERO, DIZ SECRETÁRIO.


A melhor maneira de prevenir casos de ebola no Brasil é ajudar a controlar a epidemia da doença nos países da África Ocidental. A avaliação é do secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa. Segundo ele, o governo brasileiro deve anunciar, amanhã (10), um novo pacote de ajuda humanitária para a região, sobretudo a Libéria, Guiné e Serra Leoa.

Na reunião do Conselho Nacional de Saúde, o secretário lembrou que a probabilidade de casos de ebola no Brasil permanece baixa, mas não chega a zero. Entre as estratégias adotadas no país estão a ativação de um centro de operações de emergência em saúde pública que se reúne duas vezes por semana; a criação de um grupo executivo interministerial que se reúne semanalmente; e videoconferências semanais com as secretarias estaduais de saúde.

Já está estabelecido que, em cada estado, um hospital de referência receberá casos suspeitos de ebola. O Instituto Nacional de Infectologia, no Rio de Janeiro, foi eleito pelo governo brasileiro como hospital de referência nacional, para onde devem ser direcionados os pacientes em isolamento. Dois aviões da Polícia Rodoviária Federal e da Força Aérea Brasileira farão o transporte.

Jarbas Barbosa disse que o ministério treinou 60 profissionais para o correto fechamento e despacho de material biológico possivelmente contaminado para o Instituto Evandro Chagas, no Pará, onde os testes para confirmação da doença serão feitos. No próximo dia 16, o ministério fará uma simulação de caso suspeito de ebola em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O treinamento será no Porto de Santos (SP).

"Não é que a gente está prevendo que vão chegar casos. A probabilidade é muito baixa. Mas, se chegar, a gente está preparado", disse o secretário. "A melhor maneira de prevenir é a gente controlar o surto lá na África", reforçou. Outra preocupação, segundo ele, deve ser a melhoria da triagem de saída de passageiros em países atingidos pela epidemia. "Essa também é uma grande proteção para o resto do mundo".

Jarbas disse que o Brasil, até o momento, não registrou nenhum caso suspeito da doença. "Só é considerado suspeito quem vem desses três países onde há transmissão e apresenta sintomas. A África, de uma maneira geral, não tem transmissão de ebola. O que muitas vezes acontece são casos de pessoas de outros países africanos com doenças febris como [a] malária", destacou.

Fonte:  Agência Brasil

PRIMEIRA PESQUISA SOBRE O SEGUNDO TURNO: AÉCIO 54% X DILMA 46%:


Aécio Neves (PSDB) largou na frente da presidente Dilma Rousseff (PT) neste início da campanha de segundo turno nas eleições presidenciais deste ano. É o que mostra uma pesquisa feita com exclusividade para ÉPOCA, pelo instituto Paraná Pesquisas. Se a eleição fosse hoje, Aécio teria 49% das intenções de voto contra 41% de Dilma. Não sabe ou não responderam somam 10%. Em votos válidos, Aécio tem 54%, e Dilma, 46%. Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados os candidatos, Aécio tem 45%, e Dilma, 39%.


O instituto Paraná Pesquisas entrevistou, entre a segunda-feira (6) e esta quarta-feira (8), 2.080 eleitores. Foram feitas entrevistas pessoais com eleitores maiores de 16 anos em 19 Estados e 152 municípios. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral, sob o número BR 01065/2014. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, com uma margem de erro de 2,2% para mais ou para menos. Isso significa que a probabilidade de a realidade corresponder ao resultado dentro da margem de erro é de 95%. Se a eleição fosse hoje, a votação de Aécio variaria, portanto, de 52% a 56%; e a de Dilma, de 44% a 48% dos votos válidos.

“Podemos afirmar que Aécio Neves inicia o segundo turno com uma boa vantagem, porque herdou mais votos de Marina Silva (a terceira colocada). Vamos ver como o eleitor se comportará após o início do horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão”, afirma o economista Murilo Hidalgo, presidente do Paraná Pesquisas.

A pesquisa também avaliou a rejeição dos candidatos. Dilma Rousseff é rejeitada por 41%. Outros 32% afirmaram que não votariam em Aécio “de jeito nenhum”. Apenas 16% disseram que não rejeitam nenhum dos candidatos, e 8% não souberam ou não quiseram responder. De acordo com Hidalgo, a rejeição é sempre um fator fundamental em eleições de segundo turno.

No quesito escolaridade, Dilma é a preferida dos eleitores com apenas o ensino fundamental. Ela tem 46% das intenções, ante 45% de Aécio. Entre os eleitores com ensino superior completo, Aécio lidera com 55% das intenções, e Dilma apresenta 34%. Aécio também está na frente no eleitorado feminino, com 50% das intenções de voto, ante 40% de Dilma. Entre os homens, Aécio tem 47% das preferências, para 43% de Dilma.

Fonte: Época

MOTONETA ROUBADA É RECUPERADA PELO BPRp NO BAIRRO INDUSTRIAL.


O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) realizou a recuperação de motoneta com restrição de roubo, nesta quarta, 08, na Avenida Bastos Coelho, Bairro Industrial, Zona Norte de Aracaju.

O fato ocorreu por volta das 18h30, quando a Equipe Leão 20, sob o comando do Sd PM Danilo, foi acionada pelo CIOSP, para atender ocorrência em que um cidadão teve a sua motoneta furtada e o mesmo, suspeitou que a referida motoneta estivesse em um oficina.

Imediatamente, os policiais efetivaram diligências e localizaram a motoneta marca Shineray, modelo Phoenix, cor prata, após consulta foi constatada a  restrição de roubo, registrado na noite do última terça. Aos policiais, o proprietário da oficina informou que um cidadão tinha deixado a motoneta momentos antes da chegada polícia e evadiu do local. 

A motoneta e o proprietário da oficina foram conduzidos à Delegacia Plantonista (DEPLAN).

ENCONTRADO CORPO DE PESCADOR QUE ESTAVA EM BARCO QUE NAUFRAGOU.

O corpo do pescador Fabiano José Bertoldo, 30 anos, um dos homens que estava no barco que naufragou na última terça-feira (07), no rio Sergipe, foi encontrado na tarde esta quinta-feira (09), em um manguezal próximo a ponte que liga os municípios de Aracaju a Barra dos Coqueiros.

Equipes do Corpo de Bombeiros Miliares de Sergipe e da Marinha trabalham em busca dos dois desaparecidos desde o dia do naufrágio. Foram resgatados com vida quatro pescadores que estavam na embarcação no dia do naufrágiio, enquanto outros dois desapareceram nas águas do rio Sergipe.

Os bombeiros procuram encontrar ainda o outro pescador, já identificado como  Alan Delon, 27 anos, e que continua desaparecido.

Fonte:  Faxaju

RADIOPATRULHA APREENDE 92 PAPELOTES DE MACONHA NO MÉDICI.

O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) aprendeu em flagrante nesta quarta, 08, um adolescente, 16, pelo ato infracional de tráfico de drogas em ocorrência registrada na Rua Dr. Álvaro Silveira Brito, Conjunto Médici, Zona Sul de Aracaju.

O fato ocorreu por volta das 19h50, quando a Equipe Leão 60, sob o comando do Sgt PM Elson Nascimento, ao efetuar o policiamento ostensivo radiomotorizado, percebeu a atitude suspeita do infrator que dispensou uma bolsa plástica ao ver a presença da polícia, empreendendo fuga e adentrando numa residência, sendo perseguido e apreendido.

Imediatamente, foi realizada a vistoria da bolsa plástica, sendo encontrada 92 papelotes de substância entorpecente tipo maconha.

O caso foi encaminhado à Delegacia Plantonista (DEPLAN).

FUNDAÇÃO HOSPITALAR DE SAÚDE LANÇA CONCURSO PARA PROVIMENTO DE 1.654 VAGAS.

A Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) divulga edital para provimento de 1.654 vagas. O edital traz todas as informações do concurso que será realizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). As inscrições, realizadas de 10 de outubro a 09 de novembro, devem ser feitas pelo site www.ibfc.org.br. Os valores de inscrição para o certame são R$ 45 para nível médio e R$ 55 para superior.

“Desde o início dessa gestão da FHS, em dezembro do ano passado, percebi que havia muitos contratos temporários prorrogados por diversas vezes. Isso não atendia aos requisitos da legislação, além de se caracterizar como relações precárias de trabalho. Conversamos com o governador Jackson Barreto e ele nos deu total apoio para a realização emergencial do Processo Seletivo Simplificado [PSS] concomitantemente ao concurso público”, apontou Hamilton Santana, diretor geral da FHS.

A remuneração vai de R$ 918,33 a R$ 8.080,00.  “O valor pode ser acrescido de vantagens e gratificações a depender do cargo. São pagas gratificações, como insalubridade, interiorização, criticidade a depender da função desempenhada”, explica o diretor geral.

Para o atendimento pré-hospitalar, serão destinadas 180 vagas, sendo 88 para cargos de nível superior e 92 para nível médio. Os aprovados para este segmento trabalharão no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) ou no Serviço de Remoção Inter-hospitalar Assistida (SRIHA).

“Vale lembrar que quem optar pelo pré-hospitalar fará o concurso para o Estado. Ou seja, pode ser lotado em qualquer base do Samu 192 Sergipe ou do Serviço de Remoção Inter-hospitalar Assistida (SRIHA). Já quem fizer opção pela área hospitalar deverá optar pela Região de Saúde que pretende trabalhar”, destaca a presidente da comissão organizadora do concurso, Iza Prado.

Já para área hospitalar, são 479 postos de trabalho, divididos entre 12 categorias. Para nível superior, exceto especialidades médicas, serão 270 vagas entre 16 categorias de áreas da Saúde e quatro administrativas. As 51 especialidades médicas ofertadas no edital contemplam 725 vagas. As provas serão aplicadas no dia 14 de dezembro.

ADRIANO VOLTA A COBRAR UMA SOLUÇÃO PARA OS TÁXIS CLANDESTINOS EM ARACAJU.

O vereador por Aracaju, Adriano Oliveira (PSDB), o “Adriano Taxista”, ocupou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quinta-feira, 9/10, para cobrar da Prefeitura Municipal uma solução definitiva para os táxis clandestinos que estão por toda a parte no trânsito da Capital. O tucano entende que a SMTT (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito) tem que intensificar as fiscalizações e que o projeto que prevê o aumento da multa para os clandestinos tem que ser enviado para a CMA dentro da maior brevidade possível.

“É preciso que a SMTT intensifique o combate a esses clandestinos. Estou defendendo 2.080 táxis em Aracaju e mais de 2,5 mil defensores. A insatisfação é geral, é muito grande. Estou fazendo a minha parte levando a demanda para o prefeito para que as providências sejam tomadas. Estamos pedindo apenas que a SMTT faça o papel dela que é fiscalizar, que combata a ilegalidade. O prefeito estruturou a Guarda Municipal, ampliou o efetivo e a frota de veículos. Ou seja, dá para a Guarda fazer parcerias com a SMTT para conter essas ilegalidades”, comentou o vereador do PSDB.

Em seguida, Adriano Taxista disse que a PMA precisa enviar o mais rápido possível o projeto que aumenta o valor da multa administrativa para os condutores que insistirem em realizar o transporte clandestino. “Eu fui eleito pela classe trabalhadora, pelos taxistas e rodoviários para defender seus interesses. Me comprometi com esta classe e vou continuar lutando. Preciso que a SMTT bote para frente essa fiscalização porque pessoas competentes para fazer esse trabalho eles têm”.

Em aparte, o vereador Jailton Santana (PSC) ficou solidário com Adriano e questionou o fato da avenida Beira Mar ter se transformado em um “corredor de clandestinos”. O vereador Renilson Félix (DEM) ficou contrário a medida de ampliar a multa administrativa e o vereador Agnaldo Feitosa (PR) disse que até vota a favor do aumento, mas desde que seja um projeto amplo, de fiscalização. “Só o aumento da multa eu sou contra porque não vai resolver”.

Por sua vez, Adriano Taxista disse que muitos pais de família, que trabalham corretamente e que cumprem com suas obrigações, estão sendo prejudicados pelo crescimento desordenado de clandestinos. “Não posso fechar os olhos para esta situação. Estou defendendo a legalidade e o que é correto. Não posso concordar com algo que representa prejuízo para a classe trabalhadora. Cada um vota como quiser, agora eu vou continuar cobrando a fiscalização”.

O vereador Lucas Aribé (PSB) também se somou a Adriano e fez duras cobranças à Prefeitura de Aracaju. “É muito fácil em campanha você dizer que é a favor da legalidade e que é contra a clandestinidade”.

Recapeamento

Adriano aproveitou também para agradecer a Prefeitura de Aracaju, em especial à Emurb, pelos serviços de recapeamento que estão sendo realizados em vários pontos da Capital, com destaque para os bairros América e Novo Paraíso. “Tem rua sendo recapeada que há 20 anos não via um asfalto. Quem ganha com isso não é o prefeito e nem o vereador, mas o povo, a comunidade. Fico feliz em ver o prefeito atendendo nossas indicações. Fui eleito sem prometer nada disso e ainda assim as realizações estão acontecendo”, disse Adriano, pedindo atenção para o Loteamento Moema Meire e para a Invasão do Pantanal.

BPRp PRENDE INFRATOR COM MOTONETA FURTADA NO SANTA MARIA.


O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) efetivou a prisão de infrator de 18 anos, nesta quarta, 08, na Rua 4, Bairro Santa Maria, Zona Sul de Aracaju.

O fato ocorreu por volta das 17h30, quando a Equipe Leão Operações, sob o comando da Tenente PM Gilvânia, ao efetuar o policiamento ostensivo radiomotorizado, visualizou a atitude suspeita do cidadão que estava encostado na motoneta, a qual estava com o motor acionado.

Após abordagem e vistoria foi constatado que a motoneta marca Shineray, modelo Phoenix, cor vermelha, possuía restrição de furto ocorrido no dia 30 de setembro de 2014 no Conjunto Augusto Franco. Aos policiais, o infrator negou ser o proprietário e não saber de quem era a propriedade.

A ocorrência foi conduzida à Delegacia Plantonista (DEPLAN).

FORÇA TAREFA IMPEDE INVASÃO DE ÁREA DE PRESERVAÇÃO.

Foto:  Ascom/Emurb

Equacionar as tentativas de invasão do espaço público, respeitando a legislação vigente, considerando a importância para os ecossistemas das áreas de proteção ambiental, mas sensível às demandas por moradia e urbanização de toda a capital, a Prefeitura de Aracaju tem desenvolvido um trabalho eficiente e rigoroso para coibir as invasões e garantir o ordenado crescimento urbano.

Foi com este objetivo que a administração municipal acompanha o trabalho  preventivo que busca para evitar a invasão de uma unidade de conservação localizada no entorno do Residencial Vitória da Resistência, no bairro Lamarão, Zona Norte da capital. A medida é fruto de uma ação coordenada e articulada entre alguns órgãos municipal como a Empresa Municipal de Urbanização e Obras (Emurb), Secretária Municipal do Meio Ambiente (Sema), Empresa Municipal de Urbanização (Emsurb), Guarda Municipal (GM), além da Superintendência do Patrimônio da União no Estado de Sergipe (SPU/SE), que integra o grupo de unidades descentralizadas da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), órgão vinculado Governo Federal.

A ação consiste na retirada de cercas, piquetes, construção de alicerces e alvenarias no terreno cedido pela União à Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA). Com a criação de uma secretaria que cuida do Meio Ambiente, a área atualmente tem sido cuidada pelos técnicos desta secretaria. Gabriela Regina Dantas, analista ambiental da Sema, destaca a importância o terreno. "Esta é uma área de preservação ambiental permanente e o manguezal engloba outros ecossistemas, mas com as invasões este nicho ecológico fica comprometido. Além disso, as construções irregulares correm riscos de desabamento por este não ser um terreno sólido", alerta.

A Emurb participa da ação como fiscalizadora da reserva, tendo a função de desocupar a área de preservação ambiental. A empresa municipal possui um Departamento de Fiscalização que realiza inspeção semanalmente em várias áreas, impedindo invasões ou evitando construções irregulares. O órgão municipal age conforme preconiza a Lei Municipal Nº 4359, que atribui à empresa municipal a função de fiscalizar agressões ao meio ambiente, não permitir a ocupação da área de preservação permanente e transgressões, inclusive, aplicando penalidades, embargos e apreensões aos descumpridores da Lei.

Denúncia

Qualquer cidadão pode denunciar o descumprimento das leis, bastando ligar para 3179-1632, Departamento de Fiscalização da Emurb, ou 3179-1619, assegurado o anonimato do cidadão.